Maquiagem em dissilicato – Como fazer?

Maquiagem em dissilicato de lítio
5 minutos para ler

Para parte dos laboratórios de prótese que não trabalham com cerâmica, pode ser difícil começar a entender as etapas e materiais para caracterização e maquiagem de dissilicato de lítio.

Nesse sentido, preparamos um guia para exemplificar algumas etapas, mostrar materiais e facilitar o entendimento para atingir um resultado de excelência em restaurações e obturações de cerâmicas em LiSi2. Este guia também pode ser usado para trabalho com cerâmicas feldspáticas, zircônia e demais materiais cerâmicos de seu laboratório de prótese.

Preparando a estrutura a ser usada

Em primeiro lugar, a estrutura em dissilicato de lítio deve ser injetada, prensada ou fresada. Nós já preparamos um guia de dissilicato de lítio prensado que você pode acessar aqui: veja o guia.

Ao passo que nesse guia, estaremos falando de maquiagem com stains ou cerâmica líquida, o ideal é usar pastilhas ou blocos de dissilicato de lítio compatíveis com a técnica, portanto HT ou LT, conforme figura abaixo.

Imagem: Como escolher blocos e pastilhas de dissilicato de lítio Rosetta, levando em consideração o preparo dos dentes e também a técnica de caracterização/maquiagem que será utilizada.
Escolha dos blocos e pastilhas de acordo com preparo e técnica de caracterização por CDT. Paulo Battistella

Trabalho da superfície da estrutura

Logo depois de limpar a superfície da estrutura de dissilicato de lítio com um jato de vapor, eliminando impurezas, utilize um pincel fino para aplicas os Stains ou MiYo.

Os stains/MiYo mais modernos hoje vêm prontos para serem utilizados, em pasta e com fluorescência (materiais de gengiva não devem ser flúor).

Antes de tudo, devem ser misturados para a consistência do pote ser homogênea, sempre utilizando uma espátula de plástico, livre de metal. Uma dica interessante são os cabos dos pincéis Skyline.

Para quem trabalha com MiYo, esse vídeo mostra a consistência ideal do material antes da aplicação

Assim como a consistência ideal do material, também é muito importante não contaminar materiais de maquiagem com água. Devem ser utilizados apenas os líquidos próprios. Água pode ser misturada apenas com materiais cerâmicos como MiYo Structure.

Jatear levemente a superfície do trabalho com óxido de alumínio de 50μm com 2 bar de pressão, ajuda a quebrar a tensão superficial e facilita a aplicação da maquiagem.

Planejando e realizando a maquiagem

O conhecimento de dentes naturais é fundamental para entender onde cada massa e shade pode ser aplicada no trabalho.

Saber as cores mais encontradas na natureza em cervical, dentina e incisal ajuda a escolher dentre as opções dos kits de maquiagem. Utilizando por exemplo, o kit MiYo, você pode acessar as informações do manual e caracterizar seu trabalho naturalmente. Veja aqui o manual do MiYo.

Queima de maquiagem em dissilicato de lítio

Um forno de queima de qualidade é essencial para que os trabalhos sejam finalizados com a máxima qualidade. O forno deve ter capacidade de resfriar controladamente para trabalhos com fixas ou com estruturas em zircônia, evitando o choque térmico entre a estrutura e o material de caracterização. Veja mais sobre o Forno Focus.

Ao se trabalhar com peças finas, como lentes e laminados cerâmicos, a estabilidade do elevador é fundamental para que as peças não caiam. Um material interessante é o agente refratário Megafix. Ele permite posicionar e segurar as peças para queima, sendo de fácil remoção após estar finalizada.

Coroas e laminados com Megafix no Forno Focus
Coroas e laminados com Megafix no Forno Focus

A estabilidade de temperatura de um forno é muito importante, somente assim é possível seguir as tabelas de queima corretas dos materiais. Normalmente os stains e maquiagens possuem ciclos com temperaturas máximas entre 710 até 850°C. As tabelas de queima padrão dos materiais são importantes, porém também é necessário aferir a temperatura ideal com seu forno para um resultado otimizado.

Dessa forma, as temperaturas dos stains e maguiagens InSync você por ver aqui – clique para ver. E as temperaturas de MiYo são disponibilizadas aqui – clique para ver.

Dica: uma função interessante de MiYo Lumin e Lumin Plus é aumentar valor sem perda de translucidez. Obtenha um A1 a partir de um A3 com apenas uma aplicação. Reduzir valor também é possível utilizando MiYo Storm ou Smoke na área de dentina.

Finalizando uma maquiagem e caracterização em dissilicato de lítio

O resultado final perfeito ou mais natural vai depender do gosto do cliente. Seja como for, após a maquiagem ainda pode ser utilizado um glaze flúor como InSync, ou realizado um polimento. Algumas técnicas para brilho mate também são interessantes, utilizando uma borracha para quebrar o excesso de glaze.

Outras técnicas também podem ser utilizadas com MiYo para realização de texturas ou mudança de forma dos dentes, mas esse já é um assunto para outro guia! Veja abaixo a transformação completa de uma zircônia monolítica em um trabalho natural com MiYo.

Você também pode gostar

2 thoughts on “Maquiagem em dissilicato – Como fazer?

Deixe um comentário